sexta-feira, dezembro 28, 2007

Em desacordo.

Desconfio que quem se lembrou de dizer que o bacalhau seria o prato principal do Natal dos Portugueses foram os Brasileiros, pois só a “genialidade” deles é que consegue fazer rimar o Bacalhau com o Natal!

Venham lá agora falar-me em acordos ortográficos.

Trânsito congestionado

Um bloqueio completo.
O trânsito só circulava pela faixa do meio e mal. Muito mal.
Praguejei. Gritei. Não me serviu de nada. Nunca serve. Mas um gajo fica aliviado de tamanha frustração.
Coisas para fazer urgentíssimas e eu ali no vai que não vai.
Esbracejei. Cerrei os punhos. Inventei de tudo para me abstrair do que ia cá por dentro.
E o trabalho à espera.
De repente … uma aberta. Era a minha oportunidade. Finalmente uma brecha para safar-me daquele sufoco.
Olhei em frente.
Concentrei-me, tendo consciência que podia não dar em nada.
Mas após algumas manobras e fazendo algumas pressões aqui e ali, libertei-me daquela merda congestionada.

Ter prisão de ventre é lixado.

.

quarta-feira, dezembro 26, 2007

As sementes.


Há cada vez mais pessoas a optar por não ter filhos.
Eu como pai de dois, entendo-os.
Tendo em conta o quanto se paga por um filho, chatices, noites mal dormidas, idas ao hospital, ter horas para tudo, dar vacinas, conflitos na escola, a constante preocupação, educá-los o melhor que sabemos, deixar de sair à noite, por vezes abdicar de uma carreira, fazer de dois seres unicelulares uma coisa que se chama de ser humano contribuindo para um Mundo em constante desenvolvimento e sobrevivendo a todos os perigos que os rodeiam, não é para qualquer um. É preciso tomates para tomar essa decisão. É preciso muita coragem e esquecer a cobardia do conforto estupidamente egoísta e egocêntrico do que é não ter nada disso, trocando, por vezes, esse “vazio” na vida por um animal doméstico.
Vejam o casal McCann. Eu acho que aquilo teve a haver com desequilíbrios no orçamento familiar. Todos os casais sabem o stress que é conseguir esticar o dinheiro até ao fim do mês. Vejam só como a conta bancária deles passou a ter mais números da lado esquerdo da virgula depois da bronca.

Tendo em conta o que se lê no jornal quase diariamente, era melhor que certas pessoas não os tivessem. Não havia crianças a serem molestadas sexualmente e eles eram felizes, pois ainda não vi ninguém ser preso por bestialidade.

.

Anagrama

Devo estar maluco... ou então não!
Numa conversa que tive num destes dias, caiu-me isto de cérebro. É deveras perturbador.
PAI NATAL é um anagrama. Não preciso grandes esquemas. Até é bastante simples.
Sigam este raciocínio, se se pode chamar disso:
Se deixaram a letras do início da cada palavra como estão e trocarem as letras pares seguintes pelas impares anexas e do mesmo modo se trocaram a ordem das palavras temos:
NTALA PIA.

De onde se lê claramente ENTALA PIA.
Já ouvi uns zunzuns acerca disto e eis aqui a prova. Que é preciso mais para convencer o pessoal que o Pai Natal também está metido no caso Casa-Pia?

Bem que desfiava daquele ar de satisfeito do gajo quando tem criancinhas ao colo.

.

domingo, dezembro 23, 2007

e dura... e dura...





Para um grupo que se chama DEL FINS ( o que já por si é um pleonasmo), é um contra-senso.
Aquilo nunca mais acaba!

sexta-feira, dezembro 21, 2007

M. Xmas



Meu caros.

Não tendo nada melhor para dizer nem para vos desejar a não ser os votos politicamente correctos, tais como; saúde e Felicidade e algum dinheiro, deixo-vos este ano os votos de… boas “festas”.

Altamente

As equipas costumam encarar os jogos no terreno do Nacional com uma margem de dificuldade acrescida essencialmente, por causa do suposto ponto elevado onde está localizado o Estádio da Madeira, na Choupana, pois fica situado a 610 metros de altitude.

Têm medo do quê? Que com a altitude a pressão faça com que a bola fique maior?

Aliás! Para alguns jogadores, estarem “altos”, não deve ser problema.

quinta-feira, dezembro 20, 2007

Via não tão rápida.

"Esta quarta-feira, Bombeiro, pela terceira vez, ajudou um bebé a nascer em plena via rápida."

Estou a ver que daqui a pouco tempo, para ser "Soldado da paz" é necessário ser-se médico de clínica geral, enfermeiro ou pelo menos.... obstetra. Falo portanto que se abriu mais uma nova área onde os emigrantes de leste poderão explorar com sucesso.

.

+ 1a dele




“Bush vê energia nuclear a melhor solução contra efeito estufa.” – não se poderia esperar outra coisa de um mutante como ele.

Por água a baixo

Vários críticos falam da segurança da nova estação do Metropolitano de Lisboa do Terreiro do Paço, nomeadamente dos possíveis infiltrações, alagamentos e consequentes acidentes podendo em risco a vida dos utentes. No fundo, têm medo que o Metro meta água.

Desculpem lá. Só podem andar muito distraídos. Um projecto que tinha um orçamento de 165 milhões de euros, que precisa de ser completamente reformulado devido a incorrecções e no fim a derrapagem faz com que o orçamento dispare para os 300 milhões… bem! A figura aqui colocada, ilustra o que quero dizer.

quarta-feira, dezembro 19, 2007

... tchuca, tchuca...

Mehrabpur – O descarrilamento de 12 vagões de um comboio paquistanês no sul do Paquistão, provocou 58 mortos e cerca de cem feridos na madrugada desta quarta-feira.

É sempre triste saber que por falta de manutenção de equipamentos, por falta de meios, por estupidez ou por se estarem simplesmente a cagar, morrem pessoas.




Se fosse na India a notícia finalizava como;

" ...estatisticamente, não houve vitimas!".

... espera... e não é que...

E esta?

LIVRES ao contrário é SERVIL.

Se alguma coisa faz sentido em todos os sentidos... esta é uma delas.

.

segunda-feira, dezembro 17, 2007

... 1 filme vale por mil imagens...


O Avô Einstein disse:


"If the bee disappeared of the surface of the globe then man would only have four years of life left. No more bees, no more pollination, no more plants, no more animals, no more man."



Fui ver isto:


Não passa desta frase transcrita para o grande ecrã.

Tanta publicidade, tanto marketing e... sai de lá com um gosto a... "pois! Está bem."
Estão a acabar as ideias?
Espero que não.

domingo, dezembro 16, 2007

... quem avisa...

Eu avisei! Eu disse-lhe:
- Páh! Não te armes em campeão. Não te ponhas a ver fotos da Odete Santos em biquini. Isso pode correr muito mal.

Não me deu ouvidos.
Agora passa noite após noite sem conseguir dormir. Deita-se com a luz acesa e anda com umas olheiras que até mete dó.
O horror foi de tal ordem… que o cabelo nunca mais foi o mesmo.



O seu irmão ainda bate com a cabeça nas paredes na tentativa de
afastar as imagens que também se atreveu a ver.
A toalha que era somente adorno, agora tornou-se muito útil.




Eu avisei. Eu disse-lhe.

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Táááxxxxiii...

“Numa altura em que se deslocava para o aeroporto de Munique acompanhado da mulher e dos filhos, o ex-piloto alemão percebeu que, com o taxista que lhe “calhou” não chegaria a tempo do embarque, pelo que e a solução só podia ser uma.
O próprio Schumacher pediu para trocar de posição com o taxista, que este prontamente atendeu, e nos minutos que se seguiram ficou a perceber o que realmente conseguia “fazer” o seu táxi. Entrevistado pelo jornal de Munique, Abendzeitung, o taxista Tuncer Yilmaz, narrou alguns dos momentos mais emocionantes da sua vida:

«Passei para o lugar do “pendura”, e o Schumacher foi absolutamente espantoso. Realizou ultrapassagens incríveis e rodou a toda velocidade em zonas sinuosas.», revelou o espantado taxista, que no fim ainda recebeu uma generosa gorjeta.”

In Autosport.Clix

O que posso dizer? Não era de esperar outra coisa.

Mas... agora que penso nisto…. e tendo em conta os resultados do Futebol Clube do Porto nos últimos anos… se o que aconteceria se Pinto da Costa governasse Portugal?
.

segunda-feira, dezembro 10, 2007

Bué GrÁnde.

Elsa Raposo decidiu ir viver para Angola. Parece que em Portugal ninguém a preencheu como ela pretendia.

Conto de Natal 2007

Todos os anos escrevo um conto de Natal e partilho-o por email.
Este ano partilho-o pelo meu blog.
Espero que gostem.

----------------------------------
Hora de almoço.
Caminha pelo jardim do Príncipe Real, um homem ricamente vestido. Olhava em frente como se tudo o que estivesse à sua volta não fosse novidade. Decidido, dirigiu-se para um banco meio ocupado por outro homem:
- Posso me sentar?
- Faz favor. – Diz outro homem sem levantar a cabeça. Estava sentado, inclinado para frente com os cotovelos em cima dos joelhos, com os olhos fitos em frente.
- Gosto de vir para aqui comer uma peça de fruta após o almoço.
- O ar não é do melhor, mas sabe sempre bem sair à rua.
- Por vezes sinto vontade de me ir embora e não voltar a trabalhar da parte da tarde. Mas se me vou embora fico a pensar no que ficou por fazer, e efectivamente… só sei trabalhar. Sou o que se chama agora um “workaólico”. – Tira uma maçã do bolso e dá-lhe uma trinca com gosto.
- É casado?
- Fui! Por duas vezes. Mas o meu estilo de vida não se compatibilizava com o casamento. Casei-me com o trabalho analisando bem.
- Filhos?
- Também não. Fui adiando, adiando e acabei por optar não os ter.
- Vive sozinho?
- Sim. Mas divirto-me muito com os meus amigos e viajo muito. Nunca tive muito tempo para a família. Sinto-me realizado. Tenho 65 anos e tenho muitos anos pela frente para dar com o meu trabalho.
- E quando acha que chegou o dia do “basta”?
- Quando decidir pegar no dinheiro e ir viver para um sítio ao sol, gozar o resto dos meus dias. E você? O que faz?
- Eu sou reformado. Também tenho 65 anos. Podia ter optado por trabalhar horas desmesuradas para um dia, como o senhor, viver talvez uns 10 anos da minha velhice num sítio ao sol, mas preferi um outro caminho bem melhor.
- MELHOR? O que pode ser melhor que ter de tudo e poder viver no luxo nos últimos dias da nossa vida? Sem preocupações?
- Enquanto fui jovem, sem dores nas articulações, nem problemas de saúde, fazia o meu horário de trabalho, e no resto do tempo, divertia-me. Fazia outras coisas que não poderei fazer quando for velho. Viajei pouco, porque não havia dinheiro, por isso fui selectivo. Procurei todos os dias fazer algo que me enchesse o espírito e quase nunca a algibeira. Criei duas filhas e um filho. A mais velha formou-se e está junta com um homem que ela escolheu para sua companhia e o rapaz está a acabar os estudos. Quer ser médico. A mais nova das minhas filhas de morreu de problemas de parto. Tomei conta do filho dela. Agora é um rapaz de 15 anos. Meu casamento teve altos e baixos, mas sempre conseguimos ultrapassar os problemas. E fiz grandes amizades que duraram até hoje. Diga-me! Tem amigos?
- Claro que tenho. Viajo, jogo golfe e divirto-me com eles. E família. Irmãos e sobrinhos.
- Eu sei. Já me disse isso. Eu falo daqueles que sabe que estão ali para lhe dar a mão, num dia, que por alguma fatalidade ficar sem dinheiro. Daqueles que sentiu estão consigo porque gostam da sua pessoa e não do seu dinheiro. Tem alguém neste momento que possa dizer que gosta mesmo de si?
- Oiça! Está a ser inconveniente. Não me conhece de lado nenhum par me falar assim.
- Conheço. Mas você não me conhece a mim. Eu fui seu empregado. Porque não queria trabalhar mais horas por uma ninharia, por cumprir somente o meu horário e preferir ir para casa para junto da minha família, passei 7 anos de inferno na sua empresa até ter idade para me reformar.
- A sério agora? Está feliz? Está aqui neste banco do jardim, sem trabalho a viver da reforma, sem saber se vai ter de comer amanhã quando podia ainda estar a trabalhar e a produzir.
Nesse momento, o homem levanta-se, sempre a olhar em frente. Nunca desviou os olhos por um segundo que fosse.
- Engana-se! Neste momento tenho um trabalho pelo qual trabalhei a vida inteira. Você quando morrer vai ter o seu nome gravado numa pedra fria. Eu vou ter o meu nome gravado ali.
O homem rico segue com o olhar para onde o ex- funcionário apontava. Vê um menino e uma menina a correr na sua direcção. Vinham do parque infantil. Transpirados, sujos e desfraldados. Chegam ao pé do homem aos saltos:
- O que é o almoço, avô? – Gritavam os dois pendurados nas mãos do sexagenário.
- Vamos ver o que a avó fez hoje! Mas primeiro têm que tirar essa roupa e irem-se lavar. Cumprimentem este senhor. Foi o meu antigo patrão. Estes são os filhos da minha filha mais velha.
- Boa tarde, senhor! – Disseram em coro.
- Boa tarde… – disse o ex-patrão sem saber o que a havia de fazer para sorrir. – Mas diga-me. Que trabalho é esse que pelo qual tanto trabalhou a vida inteira?
- Ainda não percebeu? Minha neta acabou de o dizer.
O homem rico seguiu com os olhos aqueles três a afastarem-se. Olhou para a maçã meio comida. Levantou-se. Deu a última dentada e colocou-a no cesto do lixo que estava ao lado do banco. Olhou para o relógio… e voltou a sentar-se. Fechou o casaco como se um repentino frio o tivesse atingido. Levantou os olhos e procurou o parque infantil. Seus olhos pararam num baloiço vazio.
----------------------------------

.

sexta-feira, dezembro 07, 2007

1 €

Quer goste ou não, cada Tuga vai pagar, em média 1€ para que a cimeira se realize.

Eu tenho cá uma ideia que é corroborada por outros tendo em conta o calibre de certas individualidades presentes.

Deixo as dicas:
tic-tac-tic-tac
BUM

Caso não aconteça o anterior, o "Cherne" podia fazer-me um favor. Quando fosse lá cumprimentar o Roberto... dáva-lhe os meus também... com um murro nos dentes. Aproveitava a embalagem e esgalhava um pontapé no escroto do Kadafi.

Eu ficava, não feliz, mas muito bem disposto.

.

quarta-feira, dezembro 05, 2007

Ginjinha

Fiquei a saber que a razão porque a ASAE fechou a Ginjinha do Rossio, foi porque o estabelecimento não tinha maquina de lavar loiça.

E vocês acreditam que eles lavavam os copos à mão?
Pois.

O que me faz rir é imaginar a cara dos clientes habituais.

Dizem, os entendidos no assunto, nomeadamente; tabernas e roulottes, que um tacho que não é lavado a comida é mais saborosa. Será que era esse o segredo da Ginjinha?

Não sei. Mas a ideia de beber por um copo ainda com resíduos de baba de um octagenario bêbado que porventura teria vomitado há 5 minutos atrás na primeira sargeta que encontrou na rua, não me parece uma imagem muito atraente.

sexolate

"Durante décadas nós pensamos que a capacidade no cérebro é geneticamente determinada, e agora ficou claro que é uma questão de estilo de vida", explicou Terry Horne, autor do livro e palestrante na Universidade de Lancaster.

Segundo este senhor, fazer sexo, comer chocolate amargo pode ser o segredo para treinar e impulsionar a capacidade cerebral.

NÁÁÁÁ!
Basta abrir uma revista cor-de-rosa para perceber ao grande peta que esta tese é!

a solução



Quando temos uma problema, ajuda sentar e pensar sobre o a melhor solução.

UI!
Tanta coisa que dizia à conta disto, mas deixo isso para a vossa imaginação.

.

terça-feira, dezembro 04, 2007

Ass You Bio

Carissimos!

Se apanho mais uma musica a passar na radio com assobios, alguém vai sofrer as consequências.
Já não chega andar o governo a PSP e a justiça a assobiar para o lado?
A EDP e a GALP a assobiar quando olham para os lucros apesar da "CRISE" que parece que não lhes bate à porta?

Hoje, acordei com 2 musicas com assobios.
Corri a apagar a rádio para não correr o risco de ouvir a 3ª.
Levanto-me, visto-me e o que tenho quando chego à cozinha? Uma chaleira a ferver.

Pego na carteira e fujo escadas abaixo com o intenção de ir comprar pão. Mal chego rua, estava o homem do carro do lixo a dar ordens para o condutor por assobios, como é costume. O vizinho a chamar pelo cão... com assobios... O CANÁRIO marquise do prédio ao lado a cantar alegremente...
"ISTO É UMA PANDEMIA" - pensava eu em voz alta, já desesperado.
Ouvi um assobio. Era um vizinho meu:
"Então phá? Não me ouvias chamar? Estás com a cabeça aonde?" - nem imaginam a vontade que tive de lhe apertar a goela. Mas não o fiz, antes que apitasse.

Finalmente, na padaria... "estou seguro" pensei eu. MAS NÃO! A Padeira tinha um toque no telemóvel com umas daquelas musicas malditas. Olhei para o maldito aparelho com raiva. Não sei se contraí telecinésia, mas aquilo com a vibração caiu do balcão para o chão e desfez-e em peças.
Fiquei contente. Feliz.

E fui a assobiar alegremente para casa... quando... vejo alguém com os olhos raiados de sangue a olhar para mim:
"MALDITO VICIO. ESTOU FARTO" - disse ele.

.

sábado, dezembro 01, 2007

entrevista?... Ficam os olhos

O Paulo, dono do blog "Tótó da Cabeça", lembrou-se de andar a entrevistar bloggers.
Desta vez calhou-me a palhinha mais curta. Para quem não me conhece e para quem acha que me conhece, vejam a entrevista que me calhou. Pode ser que tenham alguma surpresa.

.

quinta-feira, novembro 29, 2007

... era uma boa noticia. ERA!

.

O vereador do PSD na Câmara Municipal de Lisboa Fernando Negrão considerou hoje que António Costa está a «auto-flagelar-se» ENA! ao ameaçar demitir-se ORA BOLAS!, sublinhando que o PS não tem maioria na autarquia e tem de negociar com a oposição. MALDITOS ALARMISTAS.

.

quarta-feira, novembro 28, 2007

Há gente com piada

"A nova rede de telemóveis dos CTT vai chamar-se Phone-ix, noticia esta quarta-feira o jornal Público. O anúncio da nova rede deverá ser feito ainda esta semana, ao mesmo tempo que começa a campanha de vendas nas estações dos correios."

Ainda bem que ainda há gente que não consegue perder o sentido e humor.

.

eu sabia

Manchester United 2 - Sporting 1

Eu sabia que alguma coisa ia acontecer quando vi isto na TV.
Mais valia ter desligado a televisão e ocupado o tempo com algo bem mais interessante... tipo... passar a ferro roupa interior.

.

sexta-feira, novembro 23, 2007

JRS

Andam a castigar o José Rodrigues do Santos, no fundo, por não saber guardar um segredo. Mas não é para isso que é pago um jornalista? Contar segredos? Deixar a nú as iniquidades do Mundo?

Aquela entrevista que deu não é nada mais, nada menos, que jornalismo puro… e de certeza que ninguém se lembrou disso para lhe pagar como horas extraordinárias.

quinta-feira, novembro 22, 2007

vam's pó 2008


“Portugal conseguiu empatar”.

Conseguiu empatar? Quanto entraram em campo, já estavam empatados. Zero a zero. Eu vi. Estava bem lá em cima na televisão. ZERO a ZERO. Como conseguiram empatar?

Conseguiram não perder, seria o mais correcto.

Vamos lá! Para a próxima ganhem, está bem?

A empatar já anda este país há muito tempo.

E já agora... marquem os jogos para os dias em que o Scolari não esteja com o Síndroma Pré-Mestrual.
_

quarta-feira, novembro 21, 2007

Com a mão no remo.




Eu já achava que estar a pedalar dentro de uma sala era parvo, qual Hamster dentro de uma roda, pedalando como se não houvesse amanhã.






AGORA!
QUE É ISTO? Remo indoor?
Tá tudo parvo?
É que para além de ser uma coisa que se lembraram de chamar de desporto, ainda fazem campeonatos Nacionais.
Que desporto é este? E quem o pratica?
É pessoal que não sabe nadar?
São os florzinhas de estufa que se constipam com facilidade?
Finalmente acabou água? Fui ali abrir a torneira e ainda corre.
Quem inventou este desporto? As tribos nómadas do deserto do Sahara?
O objectivo é ver quantos litros de água se consegue transpirar por hora?

Só falta agora a maratona passar a ser feita numa sala cheia de treadmills uns ao lado dos outros, ali com o pessoal a correr e a bufar olhando para uma parede, correndo em direcção a nenhures, sem curvas nem lombas nem cócos dos cavalinhos da policia montada ou levar com o cotovelo do gajo que vai em competição directa.

Esta vida não consegue deixar de me espantar.

terça-feira, novembro 20, 2007

dita dura

Vladimir Putin veio falar como Sócrates.

Agora…. Hugo Chavez …

José Rodrigues do Santos foi lixado pelo motivos que sabemos…

... mau!

Acho que esta foi a última alusão ao governo que faço nos próximos tempos.

68

chegou por mail...

-------------------------------
O homem chega em casa, cansado.
A mulher tá toda bonita, lingerie nova, camisolinha, cheirosa, salta para
o pescoço dele e diz:

- Amor, hoje apetece-me tanto! Vamos fazer um 69?
-Oh amor, estou tão cansado. Que tal um 68?









- 68???? Como é que se faz um 68?
- Tu chupas e eu fico-te a dever uma.
-------------------------------

coiZas FDP

Uma amiga minha foi para ao bendito Hospital Fernando da Fonseca - vulgo - Hospital Amadora-Sintra por 3 vezes.
Numa das vezes chegou a ficar um dia e uma noite.
Chegou ao ponto de já nem se conseguir por em pé de tão fraca que estava.
Quando se preparava para ir pela 4ª vez à merda do Hospital, disse-lhe:
“O que é que vai lá fazer? Voltas para casa com uma caixa de aspirinas como é costume. Pega na porra do dinheiro e vai ao Hospital da Luz em regime particular. Pagas, mas és servida.”

Assim vez. Como não tem nenhum seguro de vida dos que agora se apregoam por aí, teve que pagar como gente grande, MAS… mal entrou encaminharam-na para o S.O. Puseram-na a soro, fizeram-lhe um diagnóstico e medicaram-na no espaço de minutos. Sentiu logo melhoras. Receitaram-lhe uns exames que vai fazer pela caixa, por que não são urgentes, mas as melhoras foram do dia para a noite. Agora sente-se muito melhor e já está pensar fazer um seguro de saúde, à cautela.

Fiquei contente porque dei um bom conselho, mas fiquei triste porque fui obrigado a dar esse tipo de bom conselho.

Por vezes dá vontade de DESAPARECER desta MERDA onde vivemos.
Isto levou-me a fazer a pior piada que alguma vez me lembre.
Peço desculpa mas tem que ser.




Há coisas filha-da-puta não há?

quinta-feira, novembro 15, 2007

poing poing

Já repararam que os operadores de Internet usam sempre alguma coisa que pula?
Um sapo.
Um canguro.
... 3 malucas...

Porque não usam qualquer coisa menos plástica e mais real? Que se acha o máximo, como as 3 malucas. Atira-se a todas as miúdas como o sapo e anda sempre a pular de sitio para sitio como o canguru? Como o Santana Lopes, por exemplo.

domingo, novembro 11, 2007

... para acreditar...


... fui ver! Corrupção.
Mas que panca é esta agora de andar a passar episódios de "Vingança" no cinema?
A fotografia está uma trampa. Os movimentos de câmara... uma merda. Alguns enquadramentos foram feitos às duas pancadas... porque com a 3ª, se calhar até ia ao sitio...


Posso dizer que o melhor do filme... foram as pipocas.

Élêpê


Quando?- Na 6ª feira. 23.30 horas.
Onde?- No Teatro Mundial.
Quem? - Estes gajos.
Porquê?- Fui ver se aprendia alguma coisa.
Resultado?- Não aprendi nada. Estive muito ocupado a rir-me.

Páh! Vão ver! A sério.
Não! Vão rir....
... Quer dizer. A sério que vão rir.

10 a fio

Tita desafiou-me para a transcrever 5ª frase inteira da pagina 161 de um livro qualquer.
Pois bem:


"Os minutos passavam e, já ofegante, denunciava começar a deixar-se vencer pelo cansaço."

O Pai Natal não existe - NILTON. Ficaram curiosos? Já sabem que de uma cabeça como a do gajo dos óculos azuis, não pode sair coisa boa. :)

ok!
kem ker agora?

Luis Pratas?
Paulo?
Pollux?
Sabão?
Lidia?

sexta-feira, novembro 09, 2007

AGORA TUDO É MAIS CLARO

Recebi isto por mail.
Aos poucos os grandes mistérios da vida vão-se desvanecendo.

-----------------------------------------------
As 5 verdadeiras respostas às 5 perguntas mais importantes do mundo:

1. O que são as pequenas saliências a volta do mamilo das mulheres?
É Braille e quer dizer "lambe-me".

2. O que é um beijo Australiano?
É o mesmo que um french kiss só que..lá em baixo."

3. O que se faz com 365 preservativos usados Derretem-se, faz-se um pneu e chama-se um Goodyear.

4. Porque o nome dos furacões é sempre de mulheres?
Porque quando chegam são loucos e molhados.. e quando partem..levam carro e casa junto.

5. Porque as mulheres esfregam os olhos ao acordar?
Porque não têm tomates para coçar.
-----------------------------------------------

quinta-feira, novembro 08, 2007

Orelhas

Mourinho deu um puxão de orelhas a um menino que se meteu com uma filha dele.
Está desfeito o mistério. Finalmente ficamos a saber como Mourinho obrigava os jogadores a jogar.

Bem que eu desconfiava de ver os jogadores sempre com as orelhas vermelhas após o intervalo, depois uma 1ª parte não muito boa.

Àprova(do)


17-04-2007 – Um ataque de um aluno na Universidade Virginia Tech, em Blacksburg, EUA, resultou em pelo menos 32 mortos e mais de 20 feridos.

03-10-2007 - Ataque a escola Amish na Pensilvânia fez cinco mortos e seis feridos graves

07-11-2007 - Jovem de 18 anos ataca escola do sul da Finlândia e mata 8 pessoas.

Agora percebo porque o nosso sistema de ensino é tão mau. Lá fora funciona à lei da bala.

- Este é o teste que vai dar à tua turma?
- Sim. Porquê?
- Por nada. … Veste isto.
- Um colete à prova de bala?
- Sim!... Eu não preciso… esta semana vou… estar ocupado… longe daqui. Muito longe.

quarta-feira, novembro 07, 2007

AVC


Pedro Mantorras, a mulher Nina e a empregada do casal salvaram um taxista da morte no domingo à noite. Perto das 22h00, o jogador encarnado aguardava em casa (Marisol, na zona da Fonte da Telha) pela chegada do sobrinho, António, transportado num táxi, desde Alhandra.

Quantas vezes este homem salva o SLB?
Agora salva pessoas!

Agora percebo porque ele anda sempre lesionado e tem tão pouca sorte... pois gasta-a nos outros.






GRANDE Mant
orras. Fizes-te o que poucos teriam feito.
Quando te chamarem "preto do caralho", tira-o para fora e mostra-o.






terça-feira, novembro 06, 2007

... 100timetro...

Hoje de manhã quando meus filhotes davam uma olhadela pelo programa do ZIG-ZAG, no meio de tanta pressuposta interactividade com os supostos espectadores mais pequenos, onde reina a quase forçada vontade de chamar de estúpidos a crianças que sabem trabalhar com o consolas e DVD’s, a inteligente Dora Exploradora a uma dada altura diz, “ A lagarta anda muito devagarinho. Centímetro a centímetro.”
Meu filho mais velho perguntou: “ O que isso que a Dora disse?”, “ É isto aqui.” Respondi mostrando uma régua. Ele olhou para mim, riu-se e abanou a cabeça.

Não sei o que ele quis dizer com aquilo, mas ainda bem que ela não disse: “A lagarta anda muito devagarinho, De unidade SI em unidade SI”. E efeito tinha sido o mesmo, mas tinha sido muito mais difícil explicar.

segunda-feira, novembro 05, 2007

sexta-feira, novembro 02, 2007

Rendimento




Se não saisse do colchão...
... rendia... e chamava-me Carolina Salgado.

MAI

O Ministério da Administração Interna (MAI) está analisar um programa para a redução da sinistralidade rodoviária, cuja aplicação prevê a atribuição aos condutores de um de três dísticos de acordo com o número de acidentes que já tenham provocado.

Teremos portanto:
- o distico VERDE para os bonzinhos,
- o distico LARANJA para os lá se portaram mal
- o distico VERMELHO para os serial killers.

Na falta de 4º nivel, para quem estiver perto da categoria de genocida, é-lhe colocado mais do que um dístico vermelho no para-brisa?
Como é que a filha da Cinha Jardim vai conseguir conduzir sem ver a estrada?
( como se isso fizesse diferença!)

quinta-feira, novembro 01, 2007

Pitosga

PEÇO DESCULPA, MAS ANDO COM ISTO NA CABEÇA HÁ DIAS E SE NÃO DEITO CÁ PARA FORA... REBENTO. E olhem que não deve ser um espectáculo bonito de se ver.


Pronto! Agora já posso dormir em paz.

sexta-feira, outubro 26, 2007

dentadinhas



Soube agora mesmo que o Senhor Vladimir Putin, aqui ao lado, foi visitar o Oceanário.

Uma sugestão.
Se ele quiser ir ver os tubarões mais de perto, vistam-lhe um fato de mergulho e pendurem-lhe um naco de carne fresca no cinto.

terça-feira, outubro 23, 2007

...verdes...



... perdeu com o Fátima.
... perdeu com o Roma.

É de dizer que o S.C.P. não anda nada católico.

terça-feira, outubro 16, 2007

Canção não tão simples

A canção do Tiago Bettencourt, "Canção simples", do Album Mantha, não é assim tão simples.
É PORNOGRÁFICA!
NÃO?
Vejamos.
Sigam a música no MySpace do TIAGO BETTENCOURT.

-----------------------------------------------
Canção Simples

Há qualquer coisa de leve na tua mão,
- A menina é meiguinha, está visto

Qualquer coisa que aquece o coração.
- Um copito a mais, não?
Há qualquer coisa quente quando estás,
- "estás"... a fazer o quê? Acaba lá a frase!

Qualquer coisa que prende e nos desfaz.
- Mordeu, foi?

(REFRÃO)

A forma dos teus braços sobre os meus,
- Missionário invertido. Também gosto.

O tempo dos meus olhos sobre os teus.
- Estão? Estás por baixo ou por cima? Que confusão!

Desço nos teus ombros para provar
- ...ui! Prov... prov.. PROVAR!? ÁH GRANDA MALUCO!
Tudo o que pediste para mudar.
- A teta deu leitinho? Ou estamos a falar de mais a baixo? UI!


(REFRÃO)

Tens os raios fortes a queimar
– Dislexia! No Lugar de “raios” era lábios.

Todo o gelo frio que construí.
– Hem? Há gelo quente?

Entras no meu sangue devagar
– Olha a bolinha vermelha, páh!

E eu a transbordar dentro de ti.
– HAHAHA! Já!? Ainda não chegou ao PRE e já chegou ao COCE!


Tens os raios brancos como um rio,
- ELA TAMBÉM? Isso é que era fomeca, hem?

Sou quem sai do escuro para te ver,
- Já sais? BAH! Fracote.

Tens os raios puros no luar,
- NÃO É RAIOS. LÁBIOS, PÁH! Quantas vezes tenho que te corrigir?

Sou quem grita fundo para te ter.
– AAAAAAHH! Assim sim! Outra vez lá para dentro.

(REFRÃO)

Quero ver as cores que tu vês
– Andam a fumar a mesma coisa.

Para saber a dança que tu és.
– Acredito que sim. Não sei.

Quero ser do vento que te faz.
– Vento? Gazes! Isso é um fetiche meio… aargh!

Quero ser do espaço onde estás.
– E queres ir morar com ela? Não é fetiche. É Patológico.

Deixa ser tão leve a tua mão,
- SIm! Já me tinhas dito.

Para ser tão simples a canção.
– SIMPLES? DUH!

Deixa ser das flores o respirar
– Dos fumos passam aos canudos, da-se!

Para ser mais fácil te encontrar.
– Depois de tanta droga em cima? Duvido.


(REFRÃO)

Vem quebrar o medo, vem.
– Vai lá moça!

Saber se há depois
– Isso é poesia. Bela maneira de dizer amanhã.

E sentir que somos dois,
- … é bem melhor que sozinho.

Mas que juntos somos mais.
– HÁ POIS! A brincar assim…! Olha. EU já tenho dois filhos.


Quero ser razão para seres maior.
– Ontem recebi um e-mail de “enlarge your pénis”, mas apaguei. 21 cm já é chega.

Quero te oferecer o meu melhor.
– Bem! SE não tens, também não te nasce.

Quero ser razão para seres maior.
– Silicone? Butox?

Quero te oferecer o meu melhor.
– ESSA não percebi. SE já é dela… vais oferecer? SOFVINA!

Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.

- AGORA AQUI!– No refrão… troquem AZ por OD!- Ganha outra dinâmica, não ganha?
-------------------------------------

Então?
Tenho ou não tenho razão?

sexta-feira, outubro 12, 2007

Progresso.



Falam os avós puritanos e alguns pais que julgam que sexo se escreve com "ch" que antigamente se namorava à janela e era tudo muito mais respeitoso.








... e então? Hoje também!
E com uma vantagem. Estas "janelas"... não engravidam ninguém!

domingo, outubro 07, 2007

Add

"Dançando e cantando até ao momento do SIM"... porque depois...

A TVI estará a pensar num outro programa onde o slogan seja...

"Esmurrando e pontapeando até ao momento do BASTA!" ?

Seria um concurso onde os concorrentes se debateriam num ringue ou numa piscina de lama com intuito de se resolverem as diferenças entre eles havendo prémios extras para o casal que apresentar a razão mais parva para um divorcio, onde estaria excluído o item "Concurso estúpido da TV."

quarta-feira, outubro 03, 2007

ASAE


" A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica encerrou hoje as cozinhas dos hospitais de Santa Maria e Estefânia. "

Eu já os tinha avisado que o frigorifico da cozinha ser comum com o da morgue ainda ia dar barraca.

quinta-feira, setembro 27, 2007

... 1 pensamento


"A beleza de uma pedra pode ser vista de duas maneiras. Seja porque as suas formas despertam algum enternecimento, seja porque tem o formato ideal para atirar à cabeça de alguém."

Corvos, Gaios e Gralhas.



HEM?

Birras...


O social-democrata Pedro Santana Lopes abandonou ontem uma entrevista que estava a dar à SIC Notícias sobre as eleições do PSD depois da sua intervenção ter sido interrompida por um directo sobre a chegada de José Mourinho a Lisboa. "Eu vim aqui com sacrifício pessoal, e sou interrompido por um treinador de futebol… Acho que o país está doido. Não vou continuar a entrevista, acho que o país tem que aprender"


Caríssimo. Tem toda a razão de ficar lixado. Eu também ficava. Se calhar ao ponto de partir alguma coisa.





Agora o que me assusta é se a “gentinha” se passa dos carretos e levam em ombros o Mourinho para a cadeira de presidente da Republica.

Acham a ideia disparatada? Na EUA actores, que nem eram grande coisa, chegaram à “cadeira”.





O Sr. PSL … só lhe digo mais uma coisa. Podem lhe chamar putanheiro, vaidoso e ansioso por protagonismo, mas, como eu digo, até que ponto isso é importante, desvantagem ou vantagem? O que interessa é que por muitas coisas que diz e já fez… de mim deixo-lhe isto.



E olhe que não é por partidarismo.

quarta-feira, setembro 26, 2007

FO... que aborrecido!

O quê?
Cirque du Soleil vem a Portugal.
Como?
Sei lá! De avião, barco, a nado. P'ésqu'é parvo!
Onde?
Pavilhão Atlântico.
Bilhetes?
ESGOTADOS.
F***-SE!
Exactamente.
E agora?
Gostas de gente aos saltos, aos gritos e a fazer macacada? Tens sempre S. Bento. A entrada é grátis e quase nunca esgota.

terça-feira, setembro 18, 2007

Séquessu.

- Por questões sobre o sexo, zanguei-me com a esposa e acabei por chamar uma prostituta cá a casa.
- Isso vai mau! E houve sexo?
- Ali mesmo na cozinha. Puro e duro enquanto eu lá consegui ver a porra do jogo de futebol em paz.

8 anos


É verdade!
Hoje faço 8 anos de casado!
8 ANOS!
Caramba!
E continuo doido pela mulher com quem casei.
OK! Agora vocês vão dizer:

" O gajo está a regar. Pois a esposa vai ver isto e assim pode ser que ela abra as pernas logo à noite!"

Sabem que mais?... Isso também é verdade. :D
MAS... também é verdade que amo a minha mais-que-tudo.

Temos suportado altos e baixos.
Temo-nos suportado nos nossos altos e baixos.
E no fim... o amor que temos um pelo outro vence sempre.
Ela tem qualidades e defeitos, assim como eu. Felizmente temos defeitos diferentes, mas é nas qualidades comuns que faz forte a nossa união.

Discordamos em algumas coisas, mas fazemos um esforço para conseguir concordar, cedendo um pouco, talvez.

As coisas não são perfeitas. Nem um segmento de recta é perfeito, mesmo feito com uma régua. Basta usar um lupa para vermos as pequenas arestas que não podem ser limadas.

Nem sempre é um mar de rosas se não tivermos cuidado com os espinhos.

A paixão vai e vem, bastando para isso, alguma imaginação e vontade de mudar algumas coisas.

São 8 anos de vida cheia de coisas tão boas que resultaram, para já, em duas coisas deliciosas que são o brilho na minha vida.
Recordando o que aprendi com as coisas menos boas, espero poder proporcionar-te uma continuação de uma vida em comum de coisas ainda melhores.

Amo-vos.

Um - 1 - One - Uno


Faz hoje um ano que me lancei na blogósfera.
Graças a este espaço, conheci gente extraordinária, génios, gente gira, gajos porreiros, alguns estúpidos, bêbados e drogados.

É um local onde deixo algumas coisas que me passam pela cabeça e outras pelos dedos.

Um local onde as pessoas podem ver as minhas poucas qualidades e os meus muitos defeitos. Ou seja um gajo normal.

Um forte abraço a quem vem cá e deixa o seu comentário ou simplesmente visita sem dizer nada.

No entanto não me esqueço de quem, quase diariamente, me manda comentários injuriosos, me manda para vários sítios, uns onde me recuso a ir, outros onde só iria só se a boca dele(s) fosse a servir de balde.
Tenho pena de gente que acha que 1.83 metros de altura lhe possa fazer sombra.
Aproveito para deixar uma mensagem especial para esse tipo de pessoas que durante meses se dedicam a mandar-me comentários injuriosos.
Não fiquem espantados se meterem o dedo no ânus e lhes cheirar a pila.

Forte abraço, pessoal. Até sempre.