quinta-feira, outubro 19, 2006

Vruum, vruumm, pii-pii!

Há algumas coiZas que me aborrecem.

Uma é andar na estrada.

Aborrece-me muito.

Especialmente quando vou dentro de Lisboa, num sitio onde sei que há radares e vou a 50 km. Ora logo por detrás tenho alguém a fazer-me sinais de luzes e a buzinar.

Tudo bem! Vou devagar. Mas, porra! As multas são pesadas! Já me basta o combustível estar caro, para não falar de todo o resto de despesas que faço com o carro e ainda ter que pagar multa? Olha lá!

Mas depois essas peças ultrapassam-me a mandar vir comigo, eu aponto para o conta-quilómetros como quem diz, vou no limite de velocidade e ainda me chamam de tó-tó!

Quer dizer. Se eu não quero pertencer à classe dos tó-tós, tenho que desrespeitar a lei, pagar multas e ficar com cadastro sujo como sendo acelera. Boa!

Uma vez, estava numa fila típica dos centros urbanos. Abriu o sinal, mas o trânsito não andava. Deixei-me estar. Buzinam-me! Eu nada! Não ia andar para a frente e ficar na zebra amarela a perturbar o trânsito da rua perpendicular, caso o trânsito continuasse parado, não é?

Ora por acaso, abriu o lugar para um carro. Como o sinal estava ainda verde, avancei para ocupar esse lugar. Nesse momento o “esperto” que estava ao lado de mim numa carrinha de caixa aberta, acelera, qual Formula 1, e coloca-se à minha frente, quase levando o meu guarda-lamas. Travei e quase bati na traseira deste. Fiquei, claro, nas zebras amarelas.

Resultado, aparece um Policia de trânsito e deu-me um cheque.

Quer dizer, quem fez a merda, NADA! Eu que respeitei a lei… levei uma bela multa. De nada valeu os meus protestos e dizer que foi a bisarma da frente que fez a merda.

Hoje foi outro dia que, sinceramente…

Vinha do Campo Pequeno para entrar na Av. da Republica no sentido do Campo Grande.
Tenho uma zona de aceleração e faço todos os indícios para entrar na Av. exactamente no sítio que acede ao túnel de Entre-Campos. Pisca, acelerar e tudo mais. O meu carro até acelera bem e na verdade quando é preciso de acelerar, não sou propriamente um pé de pena. Ora, coloco-me atrás de um táxi sempre em aceleração e vem de lá uma carro a fazer sinais de luzes, a buzinar, todo o tipo de sinalética acústica e visual. Eu para cima do táxi não podia ir e também não me pareceu que mudando de faixa iria resolver o quer que fosse. Por isso, deixei-me estar atrás do táxi. Chovia. O outro condutor fez uma travagem de tal modo que vi o carro a deslisar de uma lado para o outro, faz pisca e muda de faixa. Passa dentro do túnel. Por pouco não acerta no táxi, para logo a seguir… parar no semáforo. Ainda tive tempo de ver que era uma senhora de uns 60 anosa falar ao telemóvel.

Já tinha ouvido dizer que as mulheres conseguem fazer mais do que uma coisa ao mesmo tempo, mas conduzir, buzinar, fazer sinais de luzes, travar e falar ao télémóvel? Eu sinto-me um incapaz!

É incrível os que as pessoas fazem quando vão dentro do carro! Fazem, essencialmente o que não tiveram tempo de fazer em casa. Já vi mulheres a porem batom. A arranjarem as sobrancelhas. A porem rímel. A porem base, A tirarem pelos das pernas que ficaram de uma depilação mal feita. Homens a fazerem a barba. A tirarem macacos do nariz. A falarem ao telemóvel (Quem não faz isso?). A comer…. Entre outras.

AGORA, um dia em que eu estava numa fila. Arranco em 1ª para avançar 10 metros, com os óculos escuros na boca enquanto procurava um lenço para os limpar. Já tinha o pé no travão e já estava a parar ao mesmo tempo que limpava os óculos… um policia chega-se à minha janela e diz:

- Tenho estado a observa-lo e o senhor está em desrespeito à lei vigente! Ou começa a conduzir com as mãos em cima do volante ou ainda leva uma multa. Por agora fica só com o aviso.

Desculpem lá!

FOSGA-SE!!!

6 comentários:

  1. Parece que andas desatento às notícias. Ainda há uns meses atrás na VCI do Porto um condutor foi multado porque estava constipado e foi apanhado a assoar-se. Este não se ficou com o aviso, teve mesmo de pagar a multa!
    Jorge

    ResponderEliminar
  2. Qualquer dia os carros são vendidos com algemas no volante!!

    Como diz o outro..
    "... xiça , penico!"

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. E enquanto esse gajo estava a ser multado por se assoar, passa um carro ao lado carregadinho de droga! heheheheh

    Que post tão negativo... tanta raiva, tanto stress. Dá uma passa na passa, que isso passa.

    ResponderEliminar
  5. Já muitas vezes me apeteceu escrever um texto como o teu. Tal como tu, acho ridículo o que se passa diáriamente no trânsito em Portugal.. não há respeito nem civismo.. é a lei do parvo mais esperto..

    Ainda outro dia li uma notícia de um gajo apanhado no radar da 2ª Circular a 240Km/h mas como ainda "não conta" não lhe vai acontecer nada.. 240Km/h? 160Km/h acima do permitido e ainda se fica a rir a contar a história aos amigos.. enfim..

    ResponderEliminar
  6. 240???... hummm... Não terá sido alguém a testar os radares a ver se funcionam a essa velocidade?
    hehehe
    Não duvido! Isto há gente para tudo.

    ResponderEliminar